segunda-feira, maio 19, 2008

há em mim

photo: trajectória do silêncio que te busca_heliz

há em mim
o silêncio da tua ausência
que crava
lá fundo,
bem profundo…
um amargo sentir
a fria sombra
que me beija
em forma de lágrima!

vivem em mim,
respira,
tortura
no meu ser
a ausência do teu viver
que chamo
no silêncio das palavras
que tenho de guardar
vivendo…
o dia-a-dia,
procurando viver
com um utópico sorriso
que esboço
sem vontade!

és a vida que me fugiu
e rebolo nas masmorras
do que sinto
e não consigo expulsar
do meu interior
fundo,
lá bem profundo…
no coração
que deixei nas tuas mãos.

reside em mim
a crepúscula
melodia da agonia
tocada pelo violino
que embala
o esboço das palavras
que desenho
efémeras,
no abraçar a solidão
vazia na multidão…

tacto na solidão
cheiro o teu perfume deixado
saboreio o amargo da tua ausência
ouço a própria sombra
olho… para minha a mão – vazia


Bruno Ribeiro
PMS. 27.Out.007

7 comentários:

MirMorena disse...

Se está...é porque sentes...
Um céu azul te chama...Te liberta...voa....

Feliz semana...

Bjuss de carinho

MirMorena disse...

Esqueci...
Obrigada pelas palavras no meu cantinho...leio muito sim e espero ter mais tempo para ler mais e mais...me descubro e descubro o outro por elas...as palavras... gravadas numa folha, nesta tela...
através do que dizem e do que não está escrito....

Bjuss de carinho

Som do Silêncio disse...

Hmmmmm...
A 27 de Outubro em PMS...alguém sofria!
Felizmente que a 19 de Maio a situação já não é assim!
Que bom quando se consegue sair da escuridão e voltar a ver o sol iluminar a nossa vida, não é?
:)

Hoje abraço-te e dou-te o meu beijo terno

Por entre o luar disse...

:) bem deixa-me dizer-te que adorei este poema.. tanto sentimento... é pena ser triste...:) mas mesmo assim está belo:)


bEIJINHO e sorriso:P*

ivone disse...

assim como que uma mão vazia e a outra cheia de coisa nenhuma...


.i

Carla disse...

sinto a "melodia da agonia", vejo a imagem que a transporta...a vida que foge, mas que teimas em prender...
adorei estas melancólicas palavras
beijos

NAELA disse...

Ha em mim o desejo de te embalar e perfumar o teu sentir, para que momentos assim se tornem magicos, e neste abraçar a solidão não se sinta so!
Bruno meu anjo esta lindo o teu poema!
Beijo suave