segunda-feira, agosto 25, 2008

sei lá

photo: unknown

deixaste-me,
neste meu pesar
coberto pelo véu do desconhecido
plantado num tempo ido
em que me esforço para respirar!

perdi-me,
neste turbilhão de sentimentos
desnudado de um sentido qualquer
perdido que estou, não sei sequer
porque ainda vacilo, neste meu tormento!

Bruno Ribeiro
PMS. 23.Junho.008

10 comentários:

NAELA disse...

Bruno quantas vezes nos perdemos de nos, para nos encontrarmos em lugares onde o nosso sonha nos transporta!
Um beijo doce

Por entre o luar disse...

Não vaciles mais, toma coragem e sai do tormento;)

Encontra-te, e segue em frente;)

Beijinho e sorrisO*

ivone disse...

de vez em quando perdemo_nos sim e cada vez mais acho que é bom que isso aconteça sabes porquê?
para nos voltarmos a encontrar.


volta rápido sff fazes_me falta

nuvem disse...

Por vezes ficamos perdidos na nossa própria solidão... Mas se o resultado é este poema... Valeu a pena.

Beijo

Perla disse...

Não vaciles!
Foge desse tormento e abraça o mundo que te espera!

Bjs

teetee disse...

Vim matar saudades...

Aproveito para te dar um abraço muito grande de alento e coragem...
Sabes que os velhinhos têm sempre palavras sábias e a minha avó costuma dizer "nesta vida tudo passa!até a uva passa a passa".
Aproveita cada dia que a vida te oferece e encara-o como um presente, porque o é!

Um abracinho,

teetee

teetee disse...

Lembro-me que um dia, não muito longe do hoje, escreveste no meu blog que gostavas muito de pôr a mochila às costas e zásss! porque não?

Gostava que lesses o meu post sobre marrakech... apaixona-te! e acima de tudo não deixes que a vida passe por ti sem visitares esse lugar encantado!... eu deixei lá uma parte de mim, só para ter a certeza que regressarei!

um beijo,

teetee

mnemosyne disse...

Por vezes é necessário perdermo-nos para nos encontrarmos...

:)

Paradoxos disse...

continuas poderosamente - em ouro!!

Twlwyth disse...

Vacilamos na esperança de continuar a sentir.

Beijos doces