sexta-feira, agosto 08, 2008

nas entrelinhas da vida

photo: unknown

danço
nas entrelinhas da vida
versos nostálgicos
de passos vagos
o semblante, na calçada gasta
destes meus gestos cansados
dança do meu próprio ser.
em que partilho com as estrelas
o esverdeado olhar
corrido com a lágrima
que brota
em esquiços de carvão!

Bruno Ribeiro
Porto. 31.Maio.008

6 comentários:

Perla disse...

Versos nostálgicos...
Mas que esse esverdeado olhar reflicta a luz das estrelas!
Bjs

Nogs disse...

Dançar...

É dfas coisas que mais me faz sorrir.


Danço.



Beijo

Carol Barcellos disse...

Sempre te vejo no blog da Nuvem, e já viciei na leitura dos teus comentários. Vim cá ver a fonte, e gostei demais! Volto mais vezes...

Amei a sensibilidade instilada nos poemas!

Beijos doces cristalizados!!! :o*

Diva disse...

Vies dancando e escrevendo saudade...
Bjs meus

NAELA disse...

Bruno...
danço nas entrelinhas da vida!
Deixa-te levar pela musica que toca em ti, saboreando a nostalgia...
Beijo doce

ivone disse...

e assim se dança também...como num traço a negro de carvão. mas não nunca numa folha qualquer claro