quarta-feira, junho 25, 2008

ainda dói…

photo: em que espelho ficou perdida a minha face_mariah


preciso do teu olhar
para repousar o meu…


perco-me nas palavras que te quero dizer
sem saber quais são
vislumbro o silêncio das mesmas,
sem as poder dizer,
pois a tua presença não está junto da minha!
apenas o vazio de estar com a sombra
somente a imaginação de te olhar
nas lembranças,
que teimosamente teimo
em não conseguir esquecer
bem tento!

mas no silêncio…
é a tua voz que ouço..
estás longe, nem sei quanto
mas na dor estás tão próxima.
és a dor que me faz chorar
e que eu não consigo apagar!

dor…
porque o que sinto
é grande e dói!

Bruno Ribeiro
Lx. 6.Outubro.007

12 comentários:

rohit disse...

hiiiiiiiiiiiiiiiii

you are fantastic!!!

a kiss for you, my dear friend!

god bless u dear

can we exchange our link

r u ready to do?

Brain disse...

Bom...

Pelo menos,
Ha algum conforto,
Ao ver,
Que foi escrito ja la vao uns bons meses...

A escrita de sempre: A TUA!

Aquele Abraço.

Perla disse...

Há ausências que dóem, pelo que o silêncio se faz eco dessa dor.

Mas é preferível nem sequer pensar nela para não doer tanto.

Bj

LNeves disse...

Há coisas que teimam em não desaparecer!!! A única maneira é aprender a viver com o que não temos e assim, os sentimentos vão-se esvaindo!

***MUAH***

MirMorena disse...

Pelo visto ainda doe....
Nada que o tempo não cure....

Saudades...estava das tuas palavras

Bjuss de carinho

Som do Silêncio disse...

Não Bruno, já não doi...
Já passou :)
Olha lá bem a data que escreveste...olha lá bem!
Agora...sorri!
Isso...

Beijo terno

impulsos disse...

É num quadro de tristeza
Desalento
E de pranto
Que se escrevem os mais belos poemas
Negros... mas tão belos!
Este é um deles.
Ainda bem que já não dói...

Beijo

su disse...

Há quem diga acertadamente que não se sente pensando com palavras portanto não poderia haver quem não soubesse sentir sem as mágoas?! A dor veste-se de acordo com a força e vontade de cada um na insistência do passado...seja como for, a dor pode ser extenuantemente bela, como se pode ler aqui: uma dor tua passada...

Twlwyth disse...

O vazio de não vermos o que mais desejamos, um 'olhar para repousar'.

Beijo doce Bruno

teetee disse...

"Quem me dera encontrar o verso puro,
O verso altivo e forte, estranho e duro,
Que dissesse, a chorar, isto que sinto!!" Florbela Espanca

Ainda há quem, como tu, consiga falar além da escrita...

Abracinho,

teetee

f@ disse...

De quantas ausências se fazem dores ...
e dor assim sentida como a transmites é até mto bonita , mas para ler apenas ...
lencinhos de seda para enxugar as lágrimas e bj das nuvens

Carol disse...

A dor, por vezes, é tão forte que se sente para além do tempo pois perdura nos nossos gestos, olhares e palavras.
A dor, no entanto, não é infinita. Espero que esta se tenha colado, apenas, às palavras.