domingo, abril 13, 2008

a fragrância do teu sorridente olhar!

photo: da leveza possível_Heliz


há fragrâncias que se guardam
tal como o olhar que paralisa
um outro nosso olhar.
sorrir, desconhecendo o motivo,
apenas por te olhar!
deslizando pela tela do teu brilho
na constância presença
de recordar esse jeito inconsciente,
por vezes, rasgando o provocador…

são memórias da tua fragrância
esse teu sorriso que recordo
neste meu presente a tua ausência
mar trivial de te querer falar
só para ouvir a tua voz!

áspero o trilho, penoso,
de quando um “até amanhã”
me faz afastar de ti!


Bruno Ribeiro
Lx. 24.Out.007

14 comentários:

NAELA disse...

Um encanto este poema! Profundo na despedida!
Gostei do teu blog, bela escolha de imagens acompanhado com poemas intensos!
Beijo

Som do Silêncio disse...

É...

É sempre penoso dizer "até amanhã"...quando a vontade é dizer "fica!".
Ficam apenas recordações...memórias do olhar cruzado, do beijo trocado.
É...recordações apenas.

Por isso não te digo "até amanhã"...prefiro um até já :)

Pata ti, aquele beijo especial

Por entre o luar disse...

Lindo:) Porque um sorriso nunca se esquece..

Beijinho grande e sorrisinho*

Azul disse...

Boa noite Bruno!

E como é mesmo penoso, por vezes dizer "Até amanhã".

Como sempre... muito teu!

Beijo Meu
Azul

Liz / Falando de tudo! disse...

Vi teu comentario la no blog da Naela, e fiquei curiosa pra conhecer teu cantinho e valeu a pena!
Boa semana!

Secreta disse...

Fragrâncias que nos ajudam a suportar a distãncia imposta.
Beijito.

Carla disse...

há aromas que nunca esquecem...há fragâncias que nos fazem sonhar! belo poema

Cassiane Schmidt disse...

MARAVILHOSO TEU BLOGUE, VOLTO OUTRAS VEZES PARA LER-TE...

Abraços

ivone disse...

não digas até amanhã

diz um até já!

teetee disse...

... mais uma vez me surpreendo ao entrar neste lugar.. lindo!

quanto ao "até amanhã" quem me dera poder dizê-lo, poder senti-lo! Celebra-o!

Kuss,

teetee

««§εмф†ϊvф»» disse...

=)

Olá dono do blog misterioso... rsrs
Muito linda a poesia. Ah a fragrância.... sou ligada demais ao cheiro das coisas. Aguçam minha imaginação, lembrança e os demais sentidos neles instaurados.

Grande abraço

Ray

Angel! disse...

MUITO LINDO...
TUDO POR AQUÍ...
E ESSE POEMA ENTÃO...
FASCINANTE...
GOSTOSO DE LER...
COM UM TOQUE SUAVE...
DE TRISTEZA!
pARECEBDO DE UM AMOR DISTANTE!
oBRIGADA POR SEU CARINHO...
EM MEU ESPAÇO!

BESITOS!

♥M@cellY♥ disse...

"há fragrâncias que se guardam
tal como o olhar que paralisa
um outro nosso olhar."

prfeito.... fragancias que latejam na memória... ai ai
Bem, to sem net, então vou ser rápida! prometo voltar aqui pra olhar o blog tod! rss
Bjo grande... Obrigada pela visita!

Até

Twlwyth disse...

Gestos que guardamos num lugar especial do nosso coração.

Já te disse que gosto dos teus poemas? Acho que sim :)

Beijo