terça-feira, janeiro 29, 2008

Tela de sedução

photo: 'Cause it's not going to stop..._heliz


São beijos, meu anjo
essas pétalas que caiem sobre o teu corpo
beijos de desejo, desejo por ti!
São pingos de paixão
esses de uma vela derretida
que percorre o caminho traçado
por um pequeno cubo de gelo
efémero… pelo calor do teu corpo
É apenas a minha mão,
essa pena que suave, esvoaça pelo teu corpo
numa espiral de sedução!
São apenas os meus olhos
que vislumbram o teu corpo
repousado… desejando-me!
São apenas pinceladas de ar
este suspirar profundo
em que os nossos corpos se unem
na subtileza do amanhecer!
e quando a noite chega
fragmentos de paixão deambulam
entre os nossos olhares…

por isso,
toca no meu rosto com a tua mão
e aproxima os teus lábios dos meus
deixa os nossos olhares conversarem
na melódica suavidade da paixão
tela ardente cravada na nossa pele!

Bruno Ribeiro
desejando-te algures, 27.Junho 007

7 comentários:

Som do Silêncio disse...

Bom dia Bruno!

Por motivos de ordem técnica, não me foi permitido vir aqui antes.
Claro quando consegui...és uma das prioridades.
E digo-te isto, sem rodeios, pela simples razão que quando te leio...consegues deixar-me sem palavras, calada!
Assim, digo que me calas literalmente com as tuas palavras :)

Para ti Bruno, aquele beijo!
(não sei mais o que te dizer...e depois sai disto) :)

MIMO-TE disse...

De uma sensualidade e beleza estrema.

Simplesmente fica a vontade de voltar a ler e voltar e voltar...

Belissimo

Bjo
Mimo-te

Rain disse...

Pintas com estas palavras todo um quadro de sensualidade.

nuvem disse...

Quanta paixão... vais pegar fogo a este blog! :) Beijos

Brain disse...

Tela de Sedução,
Pintada com palavras que prendem,
Magistralmente pinceladas,
Num estilo tão próprio,
Que só tu,
És capaz de o conseguir!

Excelente Bruno!
Mais uma vez!

Abraço.

Som do Silêncio disse...

Olá Bruno...
Não achas que já estás a ficar em silêncio durante muitos dias? (sorriso)

Beijo terno

Anónimo disse...

Onde há um nós tudo pode acontecer do coração para a cabeça da cabeça para o coração e de maõs dadas mergulhar no imaginário dos corpos e do prazer.