sábado, fevereiro 10, 2007

quadro negro


em fundo negro
de camisa negra, calças negras, sapatos negros
olhar negro das lágrimas de nanquim
coração assombrado
alma sombria
nuvens negras, sol negro, lua negra
estrelas apagadas, barcos ausentes
mas negro de ondas prateadas e negras
areia negra de negras rochas
palavras negras de frases solitárias
sangue negro de rios negros
das lágrimas negras que dos meus olhos brotam
como pétalas negras de rosas negras
que baloiçam com o vento negro
até cair no chão... negro
de folhas secas e mortas
sou a sombra da minha sombra, sombra negra
sou um quadro pintado com tinta negra
sem suavidade, sem respeito, sem carinho, sem amor
tudo em mim é negro
até o arco-íris é um degradé de cinzas
e não conheço qualquer outra cor


Bruno Ribeiro

algures em horas passadas

7 comentários:

mensageira disse...

Que NEGRITUDE...
A vida é para ser vista com cor, muita cor, cores garridas, cores vivas, cores alegres....
Com alma.

Beijo.

Flôr de lua disse...

Nao deixes que estas palavras se apoderem do teu coração e te tornes realmente sombra da tua sombra...
nao te deixes enganar pelos espelhos...olha para dentro de ti...és uma pessoa tao bela, um quadro pintado de cor, de magia...pintado com carinho,suavidade,respeito...amor...
como eu gostava de te poder estender a minha mão e levar-te a viajar numa bolinha de sabão,pelo mundo de cor,de amor,de alegria...mundo que é teu...
olha para dentro de ti,respeita-te...ama-te...nao te percas nas escuridão...

marisa disse...

nao acredito... kerido porke tanta escuridao lembra-te de nossos sorrizos

marisa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Secreta disse...

Alturas há em que tudo é negro demais à nossa volta ...
Beijito.

rainbowsky disse...

Eu gostava de dizer algumas palavras para não veres esse mundo tão negro, mas se eu o vejo mais negro ainda... se até o arco-íris de que falas no teu próprio poema é o meu próprio mundo... como poderia eu mostrar algo mais claro que a própria escuridão... Resta-me o silêncio e a compreensão de amigo. Um abraço.

betty boop disse...

"sou um quadro pintado com tinta negra"...até ao dia em que alguém de olhos cintilantes como mil sóis deseje pintar esse teu quadro com todas as cores do arco-irís. :D

um beijo doce da Betty.