quarta-feira, março 07, 2007

címbalos de papel


quantas garrafas de vidro atiradas ao mar…
encostaram a sua cor na água a teus pés…?

quantas pombas esvoaçaram pelos céus…
e pousaram ténues no teu parapeito…?

quantas palavras por ti ignoradas…
quantas vezes por ti rasgadas…

[pela incoerência do teu ser,
orgulho e presunção de têmperas
caídas no patamar do egoísmo!
mentiras, traições e enganos!
farpas cravadas, facas espetadas
só com o intuito de magoar
…]

quantas lágrimas já derramadas…
escondidas no meu olhar…?

quantas tentativas de sorrisos esboçados…
perdidas na imensidão do olhar…?

quantas procuras do teu olhar em vão…
e o esvoaçar do ignorar no teu…?

…desilusão o que sinto!

Bruno Ribeiro
Lx, 31.Jan 1.Fev.007

9 comentários:

Madalena disse...

Desilusões... Todos as temos...Sabemos que existem...Sofremos sempre, mesmo sabendo... Tantas evitáveis...Outras procuradas...
Assim corre a vida, feita de alegrias e desilusões...
Bonito, gostei de ler.
Bjokas
Madalena

rainbowsky disse...

A desilusão é aquele género de coisa, que se entranha no mais profundo abismo da nossa alma e leva à tona tudo aquilo que de mau podemos sentir no coração. A revolta assume-se como a actriz principal da amargura... e é nesses momentos que a tristeza se abate... mas isso mudará. Um abraço amigo

yohanan disse...

A solidão é o que mts de nós sentimos e raras vezes temos coragem e força para a expulsar... Mas é assim que o nosso coração se corrói de tanta tristeza acumulada e por lágrimas escorridas... a solidão mata a alma, desgasta o corpo ate nos transportar ao abismo...(fala a voz da esperiencia) Não desistas amigo, olha para aquilo k ainda te resta e sorri...a esperança será smp a ultima a morrer. Tu vais ser feliz. Um beijinho doce e fofinho*

betty boop disse...

"...desilusão o que sinto!"

Verdadeiramente sentida
quando não atingimos a perfeição
quando não alcançamos os nossos objectivos
quando não sabemos o que é o amor
quando amamos demais...
Outras vezes sentimos porque achamos que somos o mundo de alguém...de alguém que nos dá o que ansiamos sem ter que clamar e,nesse mundinho, não pode existir outro ser igual a nós. No dia que descobrimos que não somos inigualáveis...tudo é uma desilusão e sentimos a solidão.

Um beijo enorme com sabor a menta :)

marisa disse...

aiii desilusao e o k sinto e o k me traz a dor e me leva o sorrizo...desilusao faz em mim o buraco escuro k nao tenho cria males e semeia tempestades e o sinto uma gde desilusao das nenhumas vezes k sou negativa... beijocas friend

Secreta disse...

Por vezes a desilusão toma conta de nós . Mas isso passa , se deixares. Se permitires a ti mesmo outros sentires.
Beijito.

mensageira disse...

As desilusões fazem-nos crescer, fazem-nos aprender como dar a volta por cima, fazem-nos lutar por um mundo melhor...

Beijo.

meialua disse...

Uma desilusão é sempre triste, mas acaba por passar.
Depois das nuvens, há sempre um céu azul... :)
Beijinhos*

Morrigan disse...

As desilusoes também têm o dom de nos tornar mais frios e mais sombrios...principalmente quando as desilusões vem daqueles que mais gostamos