terça-feira, novembro 11, 2008

o teu nome!

photo: a demora interrogada_heliz

emerso
apenas e só,
emerso…
entre as brisas vãs
e as ondas inquietantes
deste escutar…
.
.
.
… o meu sentir …
.
.
.
perdido que está,
num algures que desconheço
e novamente me perco
nesta frágil imensidão
do escutar…
.
.
.
… este meu sentir …
.
.
.
que me condena
entre os traços varridos
do meu olhar
que perdura
embrulhado nesta seca lágrima
que escuta…
.
.
.
… o sentir…
.
.
.
vago! o meu escutar

Bruno Ribeiro
PMS, 2 Agosto’008

21 comentários:

as velas ardem ate ao fim disse...

um sentir e dor....

um bjo

Shadow disse...

Interessante o teu sentir!

Bjs,
Shadow

Dois Rios disse...

dor que se escuta.

lindo poema, lindo blog!

beijos,
inês

p.s. grata pela visita... estou de férias mas lobo retornarei.

Dois Rios disse...

correção: logo retornarei.

bjs,

Desnuda disse...

Lindo... Introspecção e sentimento é mesmo vagar dentro da nossa silenciosa voz...


Beijos!

Anja Rakas disse...

Vago teu escutar,
Denso teu sentir,
Quase pegajoso o teu olhar,

Gostei do layout..

Bjs

♀ Venus disse...

Só perdido nas brisas terias um sentir tão profundo, um escutar tão atento.

Obrigada pela visita.

Voltarei

Beiju

Twlwyth disse...

Escuto o teu sentir neste belo poema.

(deixei umas palavras para ti nos 'fios dourados')

BEIJO

isabel mendes ferreira disse...

voz que se escuta....lenta e subtilmente em maravilha.


muito obrigada pelo comentário na Hora Tardia.



abraço.

NAELA disse...

O teu nome veste este poema de sentires profundos e impera a subtileza das emocoes!
Beijo doce

Pearl disse...

A lágrima seca mas o sabor salgado fica marcado na face...relembrando que por ali passou...

beijo

(obrigada pela visita)

Bichinho disse...

Senti a dor...beijo fantasma

Eclipse disse...

Vago!O escutar do sentir teu nome...



Um beijo. Meu.

Luísa disse...

Sente quem ama!
Sente quem toca,quem agarra...
Sente quem escuta...

Lindo sentir, este sentir é da alma...

Som do Silêncio disse...

Meu querido Bruno!

Já te disse dezenas de vezes que a tua escrita é única.
Já te disse dezenas de vezes que quando te leio, delicio-me.
Já te disse dezenas de vezes, que o teu sentir, é especial.
Assim, nada mais te posso dizer...

Beijo terno

Angel disse...

Olá..gostei muito de ler os teus Sentires..volto de certeza para ler mais e com mais atenção..obrigada pela tua visita..uma tarde cheia de Sonhos..para ti..

Liliana disse...

imenso
esse teu sentir...

imenso
esse teu escutar...

nessas brisas vãs e ondas inquietantes, nessa frágil imensidão e seca lágrima "lê-se" uma alma grande, uma alma que voa no sentir imenso que a povoa...

senti
imensamente
o teu sentir...

parabéns
beijo de coração*

passionatta disse...

...vago o meu escutar...imenso o teu sentir...beijo meu

Por entre o luar disse...

=)

Beijinho e sorriso*

isabel mendes ferreira disse...

olá Bruno...

deixo um abraço....pela irreverência.


salto "emerso" para a frente.



.


voltarei.


com o tempo.


obrigada.

Arménia Baptista disse...

passei por acaso...mas gostei...voltarei.
parabéns