quarta-feira, janeiro 07, 2009

luz da noite

photo: ground beneath her feet..._alba luna

as ruas escondem-se
entre as fachadas escuras
e as calçadas silenciosas…
só os meus pés varrem
as léguas que separam
o local onde estou sem saber
e o lugar para onde vou,
desconhecendo onde é!
desconfio que alguém me segue
neste trajecto sem vivalma
e depressa me apercebo
de que se trata da minha sombra…

as ruas escondem-se
cada vez mais cerradas
entre as escuras fachadas…
e os meus pés levam-me
sem saber,
ao teu encontro…
sem te conhecer!
e quando viro a esquina
no ponto onde o candeeiro foca…
apercebo-me da tua presença!
aproximo-me… sem saber,
e os olhos cruzam-se…
o teu cabelo solto
que se espalha pela rua
contorno do vento frio!
e o teu perfume que me chama!
as palavras são parcas
que se atropelam, por ter tanto a dizer…
e os gestos são nervosos
e minto-me, dizendo que é do frio…!

as ruas escondem-se
entre as fachadas escuras
e a troca de olhares…
que se estendem às palavras soltas
de te saber o nome, ouvir a tua voz.
mas a garganta está muda
e a voz engulo-a… sem saber!

agora vejo mais luz na noite
do que um dia de luz!
sinto mais calor
e as pernas tremem
mais do que pelo vento frio!
e noite após noite
percorro aquelas calçadas gastas
só para te ver
no ponto onde o candeeiro foca!
até que a voz retorne…


Bruno Ribeiro
Lx. 14.Dez.008

12 comentários:

Attitude Problem disse...

Mas voltas lá...



Um beijo.

Som do Silêncio disse...

Já diz o ditado que a esperança é a última a morrer...
Certamente a voz voltará...mas apenas quando for o momento certo, o momento das tuas certezas!

Um beijo terno

Som

teetee disse...

Bom ano for you too Baraujo!

... se bem que eu não dou muita importância ao calendário e a esta passagem, este tempo de excessos, de pedidos, de desejos de relembrar pessoas e amizades.
As datas têm o valor que lhes damos, o sentido que lhe oferecemos.
Para mim o "ano novo" é apenas um dia a seguir.. pois bem... que seja um bom dia! hoje, a semana que vem.. e os restantes dias que o calendário nos oferece!

Beijo beijo
teetee

Eu sei que vou te amar disse...

Bruno! Bravo!!
que se atropelam, por ter tanto a dizer…
e os gestos são nervosos
e minto-me, dizendo que é do frio…!
Nesta rua, em cada esquina a emocao renasce a cada dizer...e a foto diz tanto!!
Beijo doce

Secreta disse...

Voltar sempre, não desistir do que tanto desejamos. É uma virtude.
Beijito.

vero disse...

Encantador este poema e fantástica a imagem :)

Beijinhos


P.S: Convite aceite :)

Jade disse...

Ola Bruno. Andei uns tempos afastada dos blogs mas agora que estou de volta prometo estar atenta a este teu cantinho. Como sempre é um prazer ler-te.Um beijo enorme e votos de um optimo ano

ivone disse...

não será que és tu que te escondes das ruas?

pensa nisso...

Angel disse...

Sempre um gosto...passar por aqui..=)beijinho com muitos Sonhos

Susn disse...

Que a luz da noite te acolha na sua imensidão de estrelas que tornam mágicas as tuas palavras.

Beijos

nOgS disse...

Que lindo.

Ninguém te persegue, as ruas são tuas, tu és delas e nelas encontrarás quem caminhe lado a lado, nunca atrás, mas lado a lado.

BeijO

NAIKAN disse...

Não quero perseguir-te, apenas acompanhar-te, lado a lado... sempre, e para sempre!!
Quero contigo emcontrar a "luz" que me afastará desta profunda escuridão...

A timidez contraría a minha vontade e escondo-me.. tropeçando em ti e em mim....
Assustada, tremula, "minto-me, dizendo que é do frio…!"


Pelas minhas mãos, deixo as palavras de alguém, que sequer nome própio tem tem para que possa assinar e que por isso, sempre conheceremos por ... sombra...

Para ela que sempre fará parte de ti..
Um beijo doce...
Na&Kan