domingo, novembro 11, 2007

O fim do nosso livro?

photot: a tragédia I_Heliz

Sorri para mim...
Olha nos meus olhos e sorri!

Dança para mim...
O teu corpo nas minhas mãos e dança!

Olhar sedutor, sorriso terno e alegre...

Pequenos nadas,
Que o meu olhar precisa de beber
Para o meu rosto fazer dançar um sorriso!

Pequenos esboços de felicidade,
Aquela página que ainda não abri,
Pequenos esquiços de paixão
Aquela margem que se diluiu...
Pequenos nadas sem resposta...

Simplesmente porque fechaste o livro!

Bruno Ribeiro
PMS, 3.Fev.007

8 comentários:

Secreta disse...

Reabre o livro ... continua a história , ou , simplesmente recomeça ...
Beijito.

Som do Silêncio disse...

Bonito esse livro...não o deixes fechar...continua essa história...

Beijo Silencioso

Brain disse...

Por vezes,
Começar um novo livro,
É salutar!

Fantástico,
Como sempre!

Aquele Abraço.

Sedução disse...

Sem saberes quem sou, conheço os mesmos anseios teus, sei esse provocar dos sentidos em cada letra que sulcas, que te prende a ti a cada virgula que te espreita, entre letras, na tua nudez d'alma...

Beijo meu
Sedução

Utzi disse...

Eu também já fechei alguns livros bem pesados... Por vezes é preciso começar uma nova história... (eu implico com essa treta da estória, tenham lá paciência)

Beijinhos

Rui Caetano disse...

Os esboços de felicidade deverão ser reservados na nosssa memória ou mesmo num livro que se abre e sorri a nós mesmos

Azul disse...

Dear Bruno!

Já aqui vim várias vezes ler este teu poema. Acabo por sair porque... as palavras que me ocorrem sempre são talvez "amargas". E fico receosa de te poder "magoar" ou... sei lá...

Mas... hoje corre o risco.

Bruno, há livros que só são belos na sua essência se forem escritos a dois. Quando um fecha o livro... só nos resta seguir dois rumos: ou reconquistar as páginas do livro ou iniciar um novo livro, guardando nas parteleiras do nosso sentir as memórias e os momentos felizes que se viveram. Falar de fora é fácil, eu sei...

Um grande beijinho para ti e um abraço carinhoso.

Azul

Anita disse...

estive a ler, e gosto mt da maneira como usas as palvras
como escreves :)